sábado, 28 de abril de 2012

Asas de albatroz!

 

 

 

"Albatroz!  Albatroz!

águia do oceano,

 

 

Tu que dormes das nuvens entre as gazas,
Sacode as penas, Leviathan do espaço,

  Albatroz!  Albatroz!

 

 

 

dá-me estas asas."

 

Castro Alves

Tcham!


O Amor, Quando Se Revela


O Amor, Quando Se Revela


O amor, quando se revela,
Não se sabe revelar.
Sabe bem olhar pra ela,
Mas não lhe sabe falar.

Quem quer dizer o que sente
Não sabe o que há-de dizer.
Fala: parece que mente…
Cala: parece esquecer…

Ah, mas se ela adivinhasse,
Se pudesse ouvir o olhar,
E se um olhar lhe bastasse
Pra saber que a estão a amar!

Mas quem sente muito, cala;
Quem quer dizer quanto sente
Fica sem alma nem fala,
Fica só, inteiramente!

Mas se isto puder contar-lhe
O que não lhe ouso contar,
Já não terei que falar-lhe
Porque lhe estou a falar…
Fernando Pessoa

quinta-feira, 26 de abril de 2012

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Sound of Silence

Fotos de Raquel Pellicano - Espetáculo A CARTOMANTE

O Grupo Liquidificador agradece as lindas fotos da temporada passada do espetáculo.



           













A CARTOMANTE


Depois de ocupar com sucesso em 2010, o Teatro Galpão do Espaço Cultural Renato Russo durante quatro finais de semana, o Grupo Liquidificador está de volta com seu espetáculo de estreia “A Cartomante”. Desta vez a temporada conta com patrocínio do Fundo de Apoio a Cultura do GDF e será itinerante, passando por quatro regiões administrativas do DF: Gama (dias 04, 05 e 06 de maio, no Sesc Gama); Sesc Ceilândia (dias 11, 12 e 13 de maio); Sesc Taguatinga (dias 17, 18 e 19 de maio); e Brasília (24, 25 e 26 de maio, no Teatro Goldoni). A entrada para todas as apresentações é franca.
A peça “A Cartomante” é baseada no conto homônimo do escritor Machado de Assis, publicado originalmente em 1884. A história gira em torno do triângulo amoroso que se forma entre Vilela, sua esposa Rita e seu amigo de infância Camilo. Paixão, traição e mistério influenciam o enredo dessa história que tem uma cartomante como personagem-chave, selando o destino dos três.  O realismo crítico e irônico do texto machadiano marca a trama, que inspira nos leitores e espectadores uma reflexão sobre o poder das decisões e suas conseqüências diretas sobre o destino dos personagens que caminham para um desfecho trágico e surpreendente.

Para transpor o conto para os palcos, o Grupo Liquidificador se debruçou sobre a obra. Misturando o universo machadiano aos universos pessoais dos atores, a companhia chegou a uma estética peculiar, que une elementos do flamenco, do melodrama e das cultura pop e cigana. Os personagens Vilela, Rita e Camilo são colocados no centro de uma arena, rodeados pelo público e por duas figuras essenciais para a trama: Machado de Assis, que aqui se transforma em personagem-narrador, interferindo na peça e dialogando diretamente com seus “convidados especiais”, ou seja, a platéia; e no canto oposto, a Cartomante, que por também carregar um certo poder sobre o triângulo amoroso, rouba em alguns momentos a onipotência de Machado. A dúvida está em saber se ela é imune ao poder do narrador, ou se ela também é um objeto dele que representa na história esse poder ambíguo do controle do destino das pessoas.
O grande conflito do espetáculo é a luta que Camilo trava contra a irresistível atração que sente por Rita. O medo de Vilela descobrir o caso, as constantes cartas anônimas que recebe com ameaças de denúncia, além do remorso por estar traindo seu melhor amigo, geram uma gigantesca paranoia na cabeça de Camilo. Ao colocá-lo em uma arena com os outros personagens, o Grupo o posiciona como numa tourada, onde o toureiro brinca com a força mortal do touro, chegando várias vezes quase ser pego por detrás do manto vermelho.
Essa dramaturgia, assinada coletivamente pelo Grupo e dirigida por Fernando Carvalho, concede à montagem um tom de descontração e leveza, sem deixar de lado, entretanto, a qualidade e o significado da prosa do escritor Machado de Assis, considerado um dos mais importantes da língua portuguesa. A trágica trama ganha contornos de comédia pelas teias da linguagem performática, do jogo, do improviso e do diálogo entre atores e público. A proposta do Grupo Liquidificador é apresentar o Machado de Assis que está nas entrelinhas de sua obra, verdadeiramente irreverente e arquiteto da empatia com seu leitor, ou neste caso, o espectador.

“A Cartomante” inicia a trilogia que o Grupo Liquidificador pretende fazer baseada em escolas da literatura brasileira. Depois do realismo de Machado de Assis, o grupo levará aos palcos ainda este ano o romantismo de Álvares de Azevedo, com o espetáculo “Ultra-Romântico”, uma adaptação do livro “Noite na Taverna”; seguida, provavelmente no ano que vem, do naturalismo com a adaptação do livro “O Cortiço” de Aluísio de Azevedo.

Nova temporada

Nesta nova temporada do espetáculo “A Cartomante”, o Grupo Liquidificador passará por quatro cidades do Distrito Federal: Gama, Ceilândia, Taguatinga e Plano Piloto (ver dias, horários e locais no serviço). Serão ao todo 16 apresentações, sendo três por semana para o público em geral (de sexta a domingo), e uma especial as sextas-feiras para alunos de escolas públicas.

Nestas sessões, o Grupo realizará após a encenação um bate-papo com os estudantes sobre o escritor Machado de Assis e como as características de sua literatura foram transpostas para a linguagem cênica.

Para o Gama, o Liquidificar já tem confirmada a realização de uma oficina especial para a comunidade de improvisação para composição de cena. O objetivo do encontro, que terá quatro horas, é explorar os limites entre teatro e literatura, personagem e narrador, utilizando as mesmas técnicas de improvisação exploradas pelo Grupo no processo de montagem de “A Cartomante”, com foco no exercício do tapete de Peter Brook. A base para as improvisações serão contos de Machado de Assis.


Grupo Liquidificador

O Grupo Liquidificador nasceu em 2010, dentro da Universidade de Brasília a partir da vontade comum de seus integrantes de se pensar e produzir teatro em Brasília. Fernando Carvalho (diretor), Glauber Carvalho (diretor de arte), Fernanda Alpino, Iza Cavanellas, Kael Studart, Karinne Ribeiro e Tiago Medeiros (atuação) convergiram na companhia suas bagagens heterogêneas adquiridas nos cursos de Artes Cênicas, Educação Artística, Letras e Artes Visuais.

No seu processo criativo, o Grupo Liquidificador pesquisa dentre as fontes mais diversas, aproveitando tanto as referências individuais como as comuns. Esse processo resulta em espetáculos que transitam entre as definições de cultura pop, erudita e de massa, tendo em vista a discussão sobre a existência ou não desses conceitos, bem como seus limites e flexibilidades. O que une seus sete integrantes é, principalmente, a vontade de fazer um teatro genuinamente brasiliense, detentor de todas as contradições que a Capital possa ter.

Ficha técnica:

Texto: Machado de Assis
Adaptação: Grupo Liquidificador
Direção: Fernando Carvalho
Elenco: Fernanda Alpino (Rita), Iza Cavanellas (Machado de Assis), Kael Stduart (Camilo), Karinne Ribeiro (Cartomante) e Tiago Medeiros (Vilela)
Figurinos: Glauber Carvalho e Karinne Ribeiro
Luz: Tiago Medeiros
Pesquisa trilha sonora: Fernando Carvalho
Operação de luz: Glauber Carvalho
Operação de som: Fernando Carvalho
Cenografia: Grupo Liquidificador
Maquiagem: Vitória Dutra
Produção: Carvalhedo Produções
Assessoria de imprensa: Melissa Luz Barbosa


Serviço
“A Cartomante”

Cidade: Gama
Data: 04, 05 e 06 de maio de 2012
Local: Sesc Gama
Endereço: Setor Leste Industrial, QI 1 Lotes 620, 640, 660 e 680
Horário: sexta e sábado, às 20h, e domingo, às 19h

Cidade: Ceilândia
Data: 11, 12 e 13 de maio de 2012
Local: Sesc Ceilândia
Endereço: QNN 27- Lote B- Ceilândia Norte
Horário: sexta e sábado, às 20h, e domingo, às 19h

Cidade: Taguatinga
Data: 17, 18 e 19 de maio de 2012
Local: Teatro Paulo Autran- Sesc Taguatinga Norte
Endereço: CNB 12, AE 2/3
Horário: quinta, sexta e sábado, às 20h

Cidade: Plano Piloto
Data: 24, 25 e 26 de maio de 2012
Local: Teatro Goldoni
Endereço: EQS 208/209 Bloco A - entrada eixo L (Casa D’Itália)
Horário: quinta, sexta e sábado, às 21h


Ingressos: entrada franca
Classificação indicativa: 14 anos
Informações para o público: (61) 9633- 8711/8544- 2928

domingo, 22 de abril de 2012

Pega tudo isso e joga num Liquidificador...

É flamenco...


 

É a mímica besta de Mussum


É dramalhão mexicano


 

 

Pega tudo isso e joga num Liquidificador...

A CARTOMANTE!!!

 

vamo circular, galera...

A CARTOMANTE EM MAIO

Temporada em breve...








SESC Gama: 4 a 6 de maio
sex e sab às 20hs
dom às 19hs


SESC Ceilândia: 11 a 13 de maio
sex e sab às 20hs
dom às 19hs


SESC Taguatinga: 17 a 19 de maio
qui, sex e sab às 20hs


Teatro Goldoni: 24 a 26 de maio
qui, sex e sab às 21hs


ENTRADA FRANCA