sexta-feira, 1 de março de 2013

Cenas Fortes




Cenas fortes. O que de fato torna uma cena forte? No que diz respeito à violência, nem sempre uma cena que possui algum tipo de violência (Física), para mim, é de fato forte. Cresci assistindo filmes ditos por todos como violentos e quase nunca fiquei impressionado de verdade. Desde pequeno eu sabia que tudo aquilo: Sangue voando, cabeças rolando, pessoas partidas ao meio... Tudo isso era artificial e não passava de artifícios “terrorísticos”. 




Talvez eu não indique nenhum pai deixar seu filho pequeno assistir tudo isso como se fosse um desenho animado qualquer. Meus pais não sabiam que eu assistia e gostava desse tipo de filme, até porque eu tinha uns 6, 7anos. Enfim, voltando ao assunto, percebi que os filmes que realmente, para mim, possuem cenas fortes não são tão espetaculosos no que diz respeito à quantidade de sangue e vísceras voadoras, pelo contrário, são os mais “simples”. Já percebeu que essas cenas super sanguinárias não te impressionam e outra cena onde é posto um alicate de corte perto de um dedo, pode lhe gerar uma aflição maior? Está certo que esse exemplo que citei tem outro fator que é o suspense do: vai cortar os dedos? Ou não? Um por um? Ou só um? Sem rodeios. Cena forte é aquela que você assiste e sente como se estivesse assistindo aquilo de verdade perto de você faz você, obviamente em uma escala menor, bem menor.

Cena verdadeiramente violenta( Para o Tiago, eu)

                                                            ( Irréversible, 2002)


Nenhum comentário:

Postar um comentário