segunda-feira, 11 de março de 2013

Pô, amar é importante



Parece que quanto mais destrutivo é, melhor. Quanto mais dói, mais verdadeiro. Isso de pessoa pra pessoa e talvez sem tantas fatalidades. Mas uma coisa é certa, se amar não nos tirasse de onde costumamos estar, ele não seria importante.





Trecho do espetáculo "Janta", de Fernanda Alpino, 
com Karinne Ribeiro, Lucas Muniz e público. 
Música "Atrás da Porta" de Chico Buarque.


Flagelos que o sentimento mais bonito do mundo causam.

4 comentários:

  1. Karinne rasgada...gorgeous

    ResponderExcluir
  2. Karine, você me amarrou
    Com bonitos cachinhos
    E apelidos fofinhos

    Com do sorriso o canto
    E o nome Encanto
    Você me fez seu

    Vem com essas carnívoras narinas
    Calar estas baratas rimas
    De quem tanto te ama
    Que sem você revira na cama



    ass. Admirador Secreto

    ResponderExcluir
  3. Karaleo Karinne!

    ResponderExcluir