quarta-feira, 13 de junho de 2012

Je t'attends


             Então, escrever em um dia tão especial como o dia dos namorados pra quem namora em um blog ULTRAROMANTICO. Contarei então uma história, um conto, historietas de Alice. Alice e Dimitri. Dimitri e Alice. Porque tudo parece uma experiência francesa? 



Alice e Dimitri


Alice come borboletas. Borboletas que passam o corpo nu de uma antiga Punk reprimida. Respira. Recolhe-se. E ele, Dimitri, aquele que não sabe. Sinal, vestígio, prova. Alice apaixonada. Insegura patética. O patético poético, a poesia chula de falar de si. Chá. Chá. Café. Café. Respira. Suspiro. Empírico jeito de amar. Empório de borboletas. Emposta voz silêncio flutuante. Fluem borboletas e não dissipem. Não dispersem. Disse Alice, sim. Eu vou. Vai saracoteando, dançando nas pontas das pedras. Brim Pelitizado Alice se cobre cor cobre. Cobra beijos. Seios. Meios para borboletas. Retira meia sombria. Sóbria. Pele macia. Branca. Borboletas em Alice. Alice. Dimitri. Diz. Disse. Diga. Di. Dimitri. Fica. Fim.

Gostou?
Visite: ashistorietasdealice.wordpress.com


Oque dizer sobre ultra romances, sobre contos de amores e corações partidos? Um dia após o dia dos namorados. Encanta-me o ponto iminente. Ao beijo.  Ao toque. Ao sexo. A poesia, os detalhes. O flerte.  Deixo então uma música. Essa que tem passado pelos meus momentos iminentes.



Escolho então um trecho:

Je t'attends là, je t'attends là,
Je t'attends là sous les étoiles,
Le ciel est si beau.
Et j'entends le chant de mon marin,
Sur l’océan, sous une pluie de souvenirs.
Alors je m'endors,
Bercée par les voix et vents du nord,
Et je rêve de ton sourire


Post by: Elise Hirako 



2 comentários:

  1. Enquanto termino meu post e tenho uma overdose de vídeos. Achei um pra ilustrar seu texto de Alice comedora de borboletas.

    http://www.youtube.com/watch?v=scctp8-xYX4

    ResponderExcluir
  2. mas francês é a língua do amor, mesmo!

    ResponderExcluir