sábado, 7 de abril de 2012

09 de junho



Ele vai se casar.



Caminho sobre as folhas secas
Aquele barulho, meus ossos quebrando

Frágil


Meu lugar secreto...

Nosso lugar

Verdadeiramente secreto

SOCIEDADES SECRETAS...

ORGIA



DOCE









MEU IRMÃO...



sunshine...

SUNSHINE PORRA NENHUMA, CARALHO!!! VAI EMBORA DAQUI!!!

  VAI!!!





  VAI!!!













  VAI!!!


VAI!!!








  VAI!!!












 VAI TOMÁ NO CÚ!!!

EU TE ODEIO...





EU TE AMO! 
LINDA
LUA

NOITE
TAVERNA
SEXO
ORGIA
TESÃO
GOZO
LÍNGUA
LARANJA








KAMA
ROXO
SUTRA
ah, ah, ah, aaaaaaahhh...
MAIS UM!



Cada passo tem o peso da humanidade

Choque, tristeza, infarto.

Molham a blusa

Todos me veem e eu não enxergo



 Sigo...
Quero chegar a lugar nenhum



 Percebo o mundo
Não enxergo ninguém.








 

As lágrimas caem. Devagar... Rápido!

Passeiam, dizem, zombam

Descem de mãos dadas

SECAM
o coração seca! 

 antes eu era assim...

 agora eu sou assim!

O silêncio fala muito mais alto

Ao silêncio...

4 comentários:

  1. agora chegou na intersecção entre o diário de um processo e o diário da princesa.

    ResponderExcluir
  2. Amiga, não esquece de contar comigo, beleza? Nem q seja pra ficar em silêncio ao seu lado.

    ResponderExcluir
  3. Somos feitos de silêncio e o silêncio enriquece e ao invés de ser improdutivo como muitas vezes acontece com o semiárido, na verdade transforma, impulsiona e irraiga a alma. Kauana

    ResponderExcluir