quarta-feira, 21 de março de 2012

Por favor, alguem me mata?

Eu tenho namorado.

Acessem o video antes de ler o testículo abaixo:

Ei.

Vou confessar: Agora que começa o meu verdadeiro desafio de atriz no processo do Ultraromântico. Sempre lidei com o depoimento pessoal como uma confissão, um purgatório, uma expurgação de sentimentos internos que me doiam. Aqueles que pedem para sair, para serem vomitados.

Agora não. To feliz para caralho e acho que vai durar. Que venha o teatro. Que venha o interprete. Vocês me entendem? Agora que começa a brincadeira. Vamo botar para fuder nessa peça. Ta tudo meio morno. Vamo botar fogo. Foda-se. Que post safadinho e banal.

Ah que vontade de tudo isso mesmo. Ei. Teatralidade. Dramaturgismo. Colaboratividade. Verdade. Sensibilidade. Pesquisa. Estudo.

5 comentários:

  1. Pode deixar que ainda tem eu p/ expurgar nesse grupo. Grupinho feliz de merda. Vcs podem atuar enquanto eu vomito. Há.
    Karine2012, eu apoio.

    ResponderExcluir
  2. Acha que basta o romance? Existe muita coisa suja no reino da Dinamarca, karine.

    ResponderExcluir
  3. kkkkkkkkkk.
    Estamos felizes, apesar do reino da Dinamarca.

    ResponderExcluir